A respeito da Estagnação do Qi do Pulmão e Coração

Giovanni Maciocia

 

A estagnação do Qi do Fígado é um dos diagnósticos mais “populares” entre os praticantes ocidentais. Este tipo de estagnação é certamente muito comum, mas, em minha opinião, é diagnosticada e enfatizada em demasia. Além disso, quase nunca é mencionado que praticamente todos os órgãos – e não apenas o fígado – podem estar sujeitos à estagnação do Qi. Por exemplo, os seguintes órgãos sofrem estagnação do Qi: Estômago, Baço, Pulmões, Coração, Intestinos, Vesícula Biliar,Triplo Aquecedor, Bexiga e até mesmo os Rins.

O presente texto se concentrará principalmente na estagnação do Qi doPulmão e do Coração, pois tal estagnação é particularmente comum em problemas mentais/emocionais. Relacionada com o diagnóstico excessivo da estagnação do Qi do Fígado, está também a ênfase exagerada sobre a raiva dentre as emoções. A ênfase excessiva na raiva, em minha opinião, está presente também na China. É fácil perceber por que a raiva pode ser a mais perturbadora das emoções: se você está com raiva, você se rebela, e isto não foi feito na China, seja no passado Neo-confuncionista, seja agora. Na verdade, uma palavra muito usada na medicina chinesa para indicar Qi “rebelde” (ou “contra corrente”) é ni [逆], que significa “rebelar- se”, “desobedecer”, “desafiar”. Na medicina chinesa, o oposto de ni é shun [顺], que indica que o Qi está seguindo o caminho correto. A palavra shun significa: “obedecer”, “agir em submissão à”, com uma conotação claramente política. Atente para o fato de que estas duas palavras já aparecem no Nei Jing1.

Embora seja fácil explicar por que a raiva poderia ser mais enfatizada na China, eu não tenho certeza por qual motivo isto se dá no Ocidente. Por outro lado, a estagnação do Qi do Pulmão e Coração é geralmente causada pela tristeza, dor ou preocupação: se alguém está triste, não se rebela, ou seja, o sistema político chinês (seja o antigo ou o moderno) não está ameaçado por estas emoções. Eu acredito que estas emoções, mais que a raiva, são extremamente comuns e difundidas entre os pacientes que vemos. Tristeza e dor são causadas pelo o quê nos pacientes ocidentais? Além das causas óbvias devidas a falecimentos, muitos pacientes ocidentais de todas as idades sofrem de tristeza e dor decorrentes de vários tipos de perda, como a do rompimento de relações ou do fim casamento. Em outras palavras, a tristeza e a dor se relacionam principalmente à perda, seja a decorrente da morte um ente querido ou a de um companheiro causada pela separação.

McLean (que elaborou a teoria do cérebro trino) sugere que as origens da linguagem humana eram mais prováveis na interação entre o bebê e a mãe, um balbuciar baseado em combinações de vogais e consoantes que começa cerca de 8 semanas após o nascimento. Ele destaca o choro da separação – a entonação de um som vocálico (aaah) que muda lentamente, um grito angustiante ligado à emoção mais dolorosa, a separação.

Eu acredito que a tristeza e a dor decorrentes da separação são provavelmente as mais básicas e primárias (e, portanto, mais poderosas) emoções que desempenham um grande papel nos problemas mentais e emocionais que vemos na prática. Quanto à preocupação, é fácil ver como tal emoção é tão comum no Ocidente onde a vida tem um ritmo tão agitado.

Dor, tristeza e preocupação afetam diretamente os Pulmões por elas serem emoções referentes a eles, mas também afetam o Coração. O Su Wen2 diz no capítulo 39: “A tristeza faz o Coração apertado e agitado, este vai em direção aos lóbulos dos pulmões, o aquecedor superior se torna obstruído, os Qi Nutritivo e Defensivo não podem circular livremente, o calor se acumula e dissolve o Qi”.

Nas mulheres, a estagnação do Qi do Pulmão afeta o peito e seios e, a longo prazo, pode dar origem a nódulos na mama (benignos ou malignos), pois o canal do Pulmão flui do lado de fora das mamas. Segundo minha experiência, nas mulheres ocidentais, esta é uma causa mais comum de nódulos nos seios do que a estagnação do Qi do fígado.

O Dr. Xia Nong Shao pensa que os nódulos na mama e o câncer de mama se devem à tristeza e à dor decorrentes da viuvez, ao fim de relacionamentos, ao divórcio, à morte dos próprios filhos e ao luto na juventude pela morte do cônjuge. Estes eventos, especialmente se ocorrerem repentinamente, transtornam a mente e levam à estagnação Qi e a seu esgotamento. É interessante notar que todos os eventos mencionados pelo Dr. Xia envolvem separação e perda.

Os pontos que eu uso para a tristeza e a dor são P-7 Lieque, VG-24 Shenting,VC-15 Jiuwei, C-7 Shenmen, B-13 Feishu e B-42 Pohu.

Quanto à preocupação, Chen Wu Ze (1174) diz: “A preocupação fere os Pulmões e faz o Qi se acumular.” O Capítulo 8 do Ling Shu confirma que se preocupar ata o Qi: “preocupação causa a obstrução do Qi e então ele se estagna”.

Deve-se obervar que a estagnação do Qi pode ser acompanhada pela deficiência de Qi e isto é particularmente verdadeiro no caso dos Pulmões eCoração. Emoções como tristeza e dor esgotam o Qi e causam a deficiência de Qi. No entanto, como o Qi deficiente do tórax não se move corretamente (porque está deficiente), algumas estagnações do Qi também se seguem.

ESTAGNAÇÃO DO QI DO PULMÃO

As manifestações clínicas de estagnação do Qi do Pulmão são: sensação de nó na garganta, dificuldade em engolir, sensação de opressão ou distensão no peito, falta de ar leve, suspirar, tristeza, ansiedade leve, depressão.

  • Língua: Ligeiramente vermelha nas laterais nas áreas do peito (veja blog de 23 de Março de 2010).
  • Pulso: Ligeiramente apertado sobre a posição direita frontal.
  • Acupuntura:
    P-7 Lieque, P-3 Tianfu, E-40 Fenglong, VC-15 Jiuwei, PC-6 Neiguan, B-13 Feishu, B-42 Pohu. (Observe que o E-40 não é usado aqui para tratar catarro, mas para abrir o peito. Veja Blog de 24 de Agosto de 2010).
  • Prescrição:
    Ban Xia Hou Po Tang decocção de Pinellia-Magnolia (Open the Heartin the Three Treasures ).

ESTAGNAÇÃO DE QI DO CORAÇÃO

As manifestações clínicas da estagnação do Qi do Coração são: palpitações, sensação de distensão ou opressão no peito, depressão, uma ligeira sensação de nó na garganta, distensão do peito e da epigástrica superior, desconforto ao deitar, membros fracos e frios, lábios um pouco roxos, compleição pálida.

Link: http://maciociaonline.blogspot.com.ar/2011/03/on-stagnation-of-lung-and-heart-qi.html
Traduzido por Diogo Souto Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *